O leite de cabra é um dos produtos alimentares que, nos últimos anos tem vindo a ganhar espaço no mercado nacional e internacional com aplicações gastronómicas até na nouvelle couisine.

Um processo que começa no campo, nas zonas menos produtivas, com o pastoreio destes animais e o aproveitamento do leite, da pele e da carne.

António Pereira é um desses produtores que, há trinta anos se dedica à criação de cabras leiteiras. Com um efetivo composto por dezenas de animais o produtor dedica muitas horas à ordenha. (ver vídeo)

O segredo para manter este efetivo é a alimentação. Desde que seja bem aproveitado é uma atividade rentável. Com o leite faço queijos para consumo caseiro e dou muitos também”, conta o produtor que todos os anos faz questão de estar presente na feira agropecuária e do cavalo.

Todos os dias, ao longo do certame, António ensina os mais novos e os curiosos de todas as idades a ordenhar as suas cabras. Esta sexta-feira, a ordena está marcada para as 11h00 e as 17h00. Sábado, acontece às 17h00 e, no domingo, último dia do certame, às 11h00 e às 17h00, no pavilhão de exposição dos caprinos.

Previous “A Santiagro permite-nos ver que há muito mais no Litoral Alentejano do que sol e mar”
Next CIALA celebra 20 anos com liderança no mercado nacional