Com a temperatura a subir a anunciar a chegada do verão em breve, descobrir novos sabores fresquinhos pode ajudar a arrefecer. Foi isso que fez quem aproveitou para provar os gelados alcoólicos de caipirinha e de vodka laranja durante uma mostra na Feira Nacional de Turismo Desportivo e de Natureza, em Vila Nova de Milfontes.

A proposta foi feita por Fátima Custódio, proprietária da gelataria local Da Pietro, que desafiou o público a adivinhar os sabores frescos que apresentou, premiando os mais perspicazes com dose dupla de gelado.

Poucos o conseguiram, mas muitos saíram satisfeitos.

Prova de gelados de caipirinha e de vodka com laranja

Zeinir Ferreira, que atravessou o oceano atlântico para visitar Portugal e a Costa Alentejana, gostou “muito” da experiência que a levou a provar pela primeira vez um “gelado alcoólico”. O favorito é o “gelado de caipirinha”, embora nem seja fã da bebida que tem origem na sua terra natal, o Brasil.

Prova de gelados de caipirinha e de vodka com laranja

Francisco Machado, empresário do concelho de Odemira, também nunca tinha provado gelados do género e não ficou convencido. “Prefiro as bebidas separadas dos gelados”, disse, louvando no entanto a iniciativa de apresentar sabores diferentes. “Inovar é progresso”, defendeu.

Prova de gelados de caipirinha e de vodka com laranja

Fátima Custódio, proprietária da gelataria Da Pietro, que já tinha apresentado, na edição de 2016 da FEI~TUR, um “gelado salgado”, resolveu apostar este ano nos “gelados alcoólicos”, que podem ser “tomados como um aperitivo”.

Fátima Custódio | Gelataria Da Pietro

“É refrescante, pode-se fazer com todos os tipos de alcool, desde a cerveja até ao whisky, podemos produzir vários cocktails”, revelou, advertindo no entanto que se trata de “um gelado para adultos”, que deve “ser consumido com alguma moderação”.

A aposta em sabores “únicos” é já habitual na gelataria de Fátima Custódio, que varia os sabores que vende na loja.

“Ontem fizemos pela primeira vez um gelado de chocolate negro, sem lactose e sem gluten, com um teor de açúcar muito baixo”, disse, destacando outros “sabores engraçados”, como “doce da avó”, “tarte de natas”, “creme de medronho”, “pistachio”, “amendoa” ou “noz”.

Os únicos sabores com presença assídua na gelataria são a baunilha, o morango, o chocolate e o limão, sendo a restante oferta variável.

Depois da caipirinha e da vodka com laranja, a próxima aposta em sabores com alcool será num gelado de cerveja artesanal, revelou.

A prova de sabores continua hoje, mas sem gelados. Para esta tarde, na FEI~TUR, está agendada uma prova de medronho e outra de vinho da Herdade Cortes de Cima. Tentados?

Previous Programa de actividades intensifica-se este sábado na FEI~TUR
Next Turistas estrangeiros “procuram a natureza e o silêncio” em época baixa